Heróis dos Reinos do Norte

Feitos Heróicos

sessão 06

Um lago congelado e um bosque encantado. Essa era a vizinhança dos selvagens anões da Tribo do Lobo Branco. Ali tinham pesca, caça e abrigo. Numa pequena colina, nossos heróis observavam a rotina dos habitantes. Rockson Grayc notou o estado exaurido de seu povo e a pressa para realizar os Testes, nele se intensificou. Antes que pudessem partir, uma figura familiar foi a seu encontro. Quiltana estava feliz em ver o exilado companheiro com vida e o alertou da traição do chefe Belgast, forçando trabalho exaustivo para estocar comida e entregar tudo para horda do gigante do gelo, Jarl Jund. Ela desejou sorte a eles e se despediu apressadamente. Enfim, o grupo adentrou o bosque que servia de templo para o Espírito do Lobo. Nele, um círculo de sete druidas liderado por Fargam e do qual Delg faz parte, protege o bosque e serve de guardião do Espírito lupino. Os heróis foram recebidos pelos sete numa clareira magnífica. Fargam iniciou um ritual que os levaria numa viagem da qual jamais iriam esquecer.

Quamara Talaviir viu os Campos Elíseos, suas belas paisagens e esteve diante de Mielikki em forma de unicórnio. Rockson vislumbrou Ysgard e suas eternas batalhas, viu Tempus lutando de forma implacável. Delg visitou a Casa Anânica, suas forjas, túneis, além do Pai Forjador Moradin e a Mãe dos Anões, Berronar. Nero Fleimkepa esteve no plano elemental do fogo, cheio de magma, chamas e calor. Entre salamandras e ifrites, dialogou com Kossuth brevemente, se purificou nas chamas e renasceu com uma armadura sagrada. Bernard Dragonheart e Dana Greycastle viajaram juntos para os Sete Paraísos do Monte Celestia, Bernard olhou nos olhos de Bahamut e viu grandeza em seu caminho, se puder dele não se desviar. Já Dana se encantou com uma revoada de dragões prateados e um deles era Fistandatilus, sangue de seu sangue. Só de olhar para ele pode perceber a familiaridade e a epifania a tomou num extase de felicidade. Sim, havia muito mais no mundo para ela do que podia imaginar. Por fim, Varys Eastwood esteve em Arborea. mais especificamente no Reino florestal de Arvandor, presenciou Corellon caçando e deusas e outros elfos dançando alegremente. O Chamado, que como para todos os elfos, um dia chega. Mas ao vivenciar Arvandor prematuramente, quase levou nosso patrulheiro a aceitar seu chamado.

Após a emocionante jornada, o grupo se viu na floresta densa em algum lugar do plano conhecido como Terra das Bestas (Beastlands, não confundir com a região de Faerûn de mesmo nome). Seguindo um estranho, porém intenso rastro olfativo, eles avançaram rapidamente atrás do Lobo Fenrir, lacaio do poderoso Jarl Jund, que causou uma intensa perturbação no local e que refletia nos animais do bosque da Tribo. Caíram numa armadilha e lutaram contra sagazes símios, súditos do Rei Ura.O combate desgastou demais o grupo. Mesmo assim, conseguiram prosseguir e encontrar Fenrir, um lobo do inverno e sua matilha de worgs. Inimigo de tudo que é natural, o adversário deixou Delg e Quamara muito focados. Mostrando talentos muito diferentes, o primeiro com sua feroz forma de Urso e a outra com suas magias primais. Após um intenso combate, Rockson se viu com o Medalhão do Lobo no pescoço e todos estavam de volta e em segurança na clareira dos druidas. Porém o trabalho não terminara ali. Correram para a tribo e como é de costume, um exilado voltando com o medalhão siginifica um desafio ao Chefe. Belgast, cheio de ódio investiu contra o anão mais jovem e ambos numa fúria, lutaram até a morte. Por uma questão de apenas um golpe de diferença, Rockson Grayc se tornou o novo Chefe da tribo.

Comments

cada vez animal a sessão, estou esperando minha vez de usar um dos medalhões

Feitos Heróicos
daniaversa daniaversa

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.